Procon Unimes proporciona experiência para estudantes de Direito e alta demanda de atendimentos ao consumidor

15/03/2019

No Dia Mundial do Consumidor, Procon Unimes apresenta números expressivos: somente em 2018, foram mais de 11 mil atendimentos

Nesta sexta-feira (15), é comemorado o Dia Mundial do Consumidor. E a Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) é, mais uma vez, pioneira. Em agosto de 2017, a instituição de ensino superior foi a primeira do Brasil a instalar um posto avançado de atendimento ao consumidor - o PROCON Unimes.

A data comemorativa reforça a importância dos consumidores em conhecer seus direitos. Além disso, proporciona estágio supervisionado aos estudantes da graduação, conforme explica Rafael Quaresma, coordenador do PROCON Santos e docente da graduação da Unimes.

"Ele permite que o aluno tenha uma experiência prática daquilo que aprende na teoria, em sala de aula. Na minha época de estudante, não havia nem o componente curricular voltado ao Direito do Consumidor, quanto mais um posto avançado do Procon. Portanto, sem dúvida, é um formato que auxilia na formação e possibilita uma nova oportunidade de atuação na área".

Exemplo disso é a estudante do 9º semestre de Direito, Beatriz Loretto Santos, de 21 anos. Logo após a inauguração, ela foi aprovada na seleção de estágio no posto avançado do Procon Unimes.

"Entrei bem na época que comecei a ter aula de Direito do Consumidor, então, a minha noção era bem básica sobre a área. Mas quando você começa a trabalhar aqui, você assimila melhor até o conteúdo. Já aconteceu de fazer uma prova que tinha uma questão bem parecida com um caso que acompanhei aqui no posto", conta ela.

Depois de quase dois anos estagiando, a aluna demonstra um interesse maior na área de Direito do Consumidor. "Sem dúvida, é uma das minhas possibilidades daqui pra frente", diz Beatriz, que aproveitou para aconselhar futuros estudantes que pretendem estagiar no Procon.

"Primeiro, tem que ser um bom ouvinte para entender o que a pessoa realmente precisa. Saber fazer perguntas também é importante para pegar todos os detalhes e ser sempre muito honesto, explicar para o consumidor o que realmente pode ou não ser feito", concluiu.

Somente no primeiro mês de 2017, o Procon Unimes somou mais de 200 atendimentos. Em 2018, totalizou 11.222 atendimentos e, agora em 2019, foram mais de 2000 até o mês de fevereiro.

"O formato deu tão certo que foi replicado em outras universidades", comenta Quaresma. "Estive recentemente em uma instituição de Jundiaí, porque os dirigentes dela gostaram do formato que a Unimes apresenta e quiseram fazer nos mesmos moldes", comemorou.

  • Image 1
  • Beatriz Loretto Santos, de 21 anos, estagiária do Procon Unimes e estudante do 9º semestre de Direito: "o Direito do Consumidor é uma das minhas possibilidades de carreira"/Foto: Natasha Guerrize



© Todos os Direitos Reservados Universidade Metropolitana de Santos - Política de Privacidade