#UnimesEmCasa Conheça a rotina de estudos de Isabella, estudante de Fisioterapia

08/05/2020

Por conta da pandemia, estudantes da Unimes tiveram de se adaptar à nova rotina; cada dia, um perfil diferente por curso

No especial #UnimesEmCasa, contamos como funciona a rotina de estudos da estudante Isabella Penalver, do 1º semestre de Fisioterapia.

Com apenas 18 anos, possui uma série de atribuições, não só acadêmicas, mas também profissionais: junto com seu pai, é responsável por uma empresa de administração de condomínios. "Eu gosto muito do ramo. Como meu pai tem a administradora desde que nasci, cresci dentro da empresa. É uma baita responsabilidade, que me exige muita maturidade", destaca a aluna.

Mais um exemplo de determinação que mostramos neste especial para motivar ainda mais nossos alunos a estudar durante a quarentena, remotamente. Confira a entrevista:

1 – Como tem sido a sua rotina de estudos durante a quarentena? Você fez algum planejamento específico?

Eu organizo 2 horas do meu dia para rever a aula do dia anterior e fazer anotações no meu caderno. Além disso, em paralelo pesquiso mais sobre o tema na internet e nos materiais de apoio encaminhados pelos professores, já aproveito e faço as atividades solicitadas mas somente envio na data de entrega para que eu dê uma revisada. Tive que adaptar parte da minha rotina neste método de ensino, apesar de estar em casa durante no período da noite sigo o cronograma de aulas como se eu estivesse na faculdade. Isso me ajuda bastante a não perder ou acumular as matérias.

2 – Apesar do momento em que vivemos, quais as vantagens que você têm tirado em relação aos estudos?

Mesmo preferindo as aulas presenciais, com as aulas virtuais podemos revê-las quantas vezes quisermos e podemos pausá-las para anotarmos alguma observação, e até vermos novamente em casos de dúvidas.

3 – Você também trabalha fora, além de estudar?

Sim, sou diretora em uma administração de condomínios na Praia Grande e com a pandemia o fluxo de veraneios nos edifícios aumentou significativamente e por consequência estamos trabalhando o dobro.

4 – Como os professores têm colaborado nas aulas? Quais recursos têm facilitado neste processo?

Eu gosto bastante do fato dos professores estarem a nossa disposição para tirarmos dúvidas.Sabemos o quão difícil está sendo a adaptação para eles e para nós, alunos, mas só em vermos que os professores estão empenhados em nos fornecer a melhor forma de aprendizado através de aulas por vídeo chamada e vídeos gravados em plataformas ficamos mais tranquilos e acolhidos.

5 – Que dicas você daria para ajudar outros alunos a acompanharem melhor as aulas?

Apesar de termos as aulas à nossa disposição a hora que quisermos assistir, eu aconselho que os outros estudantes da graduação sempre assistam às aulas em tempo real ou assim que liberada para que sejam mantidas as matérias em dia. Sempre que tiver dúvida, chamar o professor por meio das redes sociais para esclarecê-las, não ter vergonha de chamá-los e parecer inconveniente pois tenho certeza que eles não se incomodarão.



© Todos os Direitos Reservados Universidade Metropolitana de Santos - Política de Privacidade